RedeTV! anuncia a contratação de Homero Salles para o cargo de vice-presidente de Conteúdo

(Divulgação/RedeTV!)




Profissional reconhecido no mercado, Homero possui mais de 40 anos de uma sólida trajetória na televisão. O executivo iniciou a carreira como assistente de produtor na TV Rio Preto, em 1974. 

Em 1977 migrou para o SBT, onde permaneceu durante 20 anos dirigindo Silvio Santos e Gugu em dezenas de programas como 'Domingo no Parque', 'Viva a Noite' , 'Domingo Legal', dentre outros, além de ter sido o responsável por colocar no ar a TVS/SBT. Teve também uma breve experiência como afiliado de Rede, na TV Ponta Negra, em Natal (RN).

Em 1997 conheceu Amilcare Dallevo Jr e Marcelo de Carvalho, presidente e vice-presidente da RedeTV!, ajudando a implantar o embrião do que viria a se tornar a emissora.

Entre 1999 e 2006 comandou a GGP Produções, empresa de produção audiovisual fundada pelo comunicador Gugu Liberato, assumindo posteriormente a direção do programa do apresentador e retornando novamente ao SBT.

Em 2008, negociou o contrato que levou o apresentador Augusto Liberato à Rede Record, assumindo então a direção-geral do "Programa do Gugu". Em 2017 retornou à GGP Produções, como diretor-geral e de Conteúdo.

Ao assumir o novo cargo, Homero terá papel fundamental na valorização do conteúdo e planejamento estratégico da grade de programação, atuando diretamente nos setores de criação e gestão de produções do núcleo de entretenimento, e gerando insights que promovam ainda mais a atuação da emissora no mercado de comunicação. 

“Neste momento da minha história não encaro só como um desafio, mas sim, fico feliz com a oportunidade de trabalhar novamente junto ao Amilcare e ao Marcelo, porque além de admirar e gostar muito dos dois, quero ver a RedeTV! ocupar o lugar que, na minha opinião, ela merece”, disse o executivo.

Vivendo há muito tempo entre Orlando, nos Estados Unidos, e Cascais, em Portugal, Homero fixará residência em São Paulo nesta semana para o início de suas atividades na emissora na próxima segunda-feira (3).

Comentários